Olá, eu sou a Fernanda. Brasileira do interior de São Paulo, formada em Gestão de Recursos Humanos, em 2013 decidi embarcar na aventura de morar em outro país. Instagram: fer87fer

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Nível do Inglês

10:52 PM Posted by Fernanda Beck , 3 comments
Oi gente, "what's up"?

Hoje completo um ano morando na terra do Tio Sam eeeeeee (-: 
Motivos para comemorar não me faltam mas "hold on", não pensem vocês que é tudo mil maravilhas porque não é não, mas quando a gente foca nos nossos objetivos e no verdadeiro motivo de termos escolhidos viver essa aventura, as coisas se tornam menos difíceis. 
Pois bem, vamos falar do nível do meu inglês quando decidi ser Au Pair e quando cheguei aqui. Tudo aconteceu muito rápido, como praticamente tudo na minha vida. Eu vivi uma grande reviravolta (talvez faça um post contando) onde com o passar do tempo eu tinha que decidir o que fazer da minha vida e entre as opções; o intercâmbio. 
Até então eu não fazia idéia que o programa de Au Pair existia mas pesquisando me deparei com ele e vamos concordar que é um dos mais baratos, senão o mais se tratando do tempo que podemos morar fora. Decidido! Vou ser Au Pair. Ãããã?!?!? Mas e o inglês? O inglês? PÉSSIMO.
Eu optei pelo programa ano passado (claro né, se faz um ano que estou aqui lol) e a última vez que eu havia pisado numa escola de idiomas foi em 2004 e foi o único ano na minha vida que eu havia estudado inglês até então, sem contar na escola mas melhor nem comentar sobre o inglês da escola. 
Então como eu consegui passar no teste? Como eu me virei aqui quando cheguei?
Bom no teste eu não passei. Quer dizer, não na primeira vez. 
Quando eu enfim decidi que queria participar do programa, comecei a estudar por conta. Vídeos no youtube, blogs de pessoas disposta a ajudar, podcasts, gente, podcasts são o máximo pra treinar o listening, filmes, seriados, músicas e chat. Baixei um aplicativo no meu celular chamado "Skout" com ele você pode conversar com pessoas do mundo inteiro e depois de um tempo teclando passava a fazer skype. Depois de um tempo eu fui sim pra escola de idiomas porque não me sentia segura pra fazer o teste só estudando por conta, mesmo assim reprovei no primeiro teste. 
Passei na segunda tentativa e fiquei feliz da vida.
Depois de entregar toda a documentação, ficar online e ter o tão esperado Match, "New York there I go". 
Vocês não vão acreditar mas eu acho que eu era a pessoa mais leiga do mundo sobre o assunto Au Pair. Não sabia da existência do grupo no Facebook. Grupos de embarque? Pior ainda. Fiz contato com uma menina da minha agência somente por email e não encontrei com ela até chegar no hotel.
Quando desembarquei entrei em desespero. Todo mundo só falando inglês, pessoas apressadas, eu precisando comprar um cartão telefônico pra ligar pra minha mãe mas morrendo de vergonha, sim vergonha de abrir a boca e soltar uma palavrinha sequer. Enfim comprei, liguei pra minha mãe e o próximo passo era pegar o Shuttle. Esse foi mais fácil porque eu só tive que mostrar o papel da agência e o cara já sabia do que se tratava. Porém, aconteceu uma coisa que depois de um tempo só rindo mesmo. Chegamos no hotel e o cara da van fala o nome do hotel e consequentemente eu teria que descer right? Sim, mas eu não entendi o que ele falou hahahaha, continuei sentada, ninguém se manifestou pra descer. Ele desceu da van, abriu a porta, olhou pra minha cara e disse: "it's you." Eu: "ah, ok."
Depois disso encontrei as brasucas, dei uma relaxada e nos divertimos com nossos micos. Micos porque entre alemãs, francesas, espanholas, italianas e nem me lembro mais quem, mas europeias, o nosso inglês era um dos mais fraquinhos.

Bom, eu não quero fazer posts longos, mas a mensagem que eu quero deixar aqui hoje é: se você realmente quer algo, e se dedicar, dar o seu melhor, não se importar com que os outros dirão e apenas focar nos seus sonhos, você vai conseguir.
Entre minha decisão e o Match foram oito meses. Foram esses oito meses que eu tive pra me dedicar pra pelo menos ser capaz me comunicar com a host family na entrevista. 
Então não desanimem! Pode ser mais difícil pra uns do que para outros mas de uma coisa eu tenho certeza; não é impossível pra ninguém. E vocês se sentirão o máximo quando sonharem a primeira vez em inglês. Verdade! Eu contei pra todo mundo rsrs. Outra coisa que acontece muito hoje em dia é misturar e usar expressões em inglês quando estou conversando em português. Fiz isso aqui no post de propósito mas isso acontece sempre.

Beijo no S2
Fernanda Barcelar


Segue links de sites que usei pra estudar:

www.inglesnapontadalingua.com.br

www.teclasap.com.br

www.inglesonline.com.br

Canal no youtube: Inglês Winner http://youtu.be/XbL9_FDaVYU

Canal no youtube: Learn English Conversation http://youtu.be/XbL9_FDaVYU




domingo, 16 de novembro de 2014

Daqui a dois dias, um ano!

10:02 PM Posted by Fernanda Beck , , , , 4 comments


Pois é... Em dois dias completo um ano nessa vida de Au Pair. 
Meu primeiro ano, meu primeiro post. 
Poderia esperar até dia 18 pra estreiar o blog e fazer uma super postagem em comemoração ao primeiro ano? Não! Isso porque se trata de euzinha aqui e com o tempo e minhas histórias vocês irão perceber que sou super ansiosa e quando quero alguma coisa quero mesmo e quero pra ontem. 
Então, tem alguns dias que venho pensando em criar um blog pra compartilhar minhas experiências não só como Au Pair, mas minha experiência de vida, alguém que como todos nós sonha, corre atrás dos sonhos, muitas vezes quebra a cara mas aprende, levanta e começa tudo de novo. 
Tenho que confessar que toda essa ansiedade e pressa de conseguir as coisas têm me levado à situações que me fizeram crescer e aprender a ter um pouquinho, mas bem pouquinho mesmo de paciência rsrs. 
Quero compartilhar também sobre coisas que eu gosto como, livros, escritores, música, enfim um pouquinho daquilo que me inspira, e que eu procuro fazer no meu dia-a-dia, talvez pra passar o tempo, pra aliviar o stress (quem é/foi Au pair sabe do que estou falando quando digo: stress), pra não me sentir tão sozinha quando a saudade de casa aperta, porque vamos confessar que quando aperta, aperta mesmo e dá vontade de chutar o balde e voltar mas é aí que temos que encontrar uma válvula de escape, respirar fundo e manter o foco. 
Falando em válvula de escape, o blog é uma delas :-) 
Espero que gostem e acompanhe o blog. Sei que tem um montão de blogs super maneiros por aí, de meninas super criativas, mas espero poder acrescentar alguma coisinha, ainda que simples, na vida de vocês. 

Beijo no S2
Fernanda Barcelar